Notícias

01 abr 2016

8 dicas para otimizar o seu guarda-roupa durante a gravidez

Manter a autoestima durante a gestação é fundamental para uma gravidez tranquila e saudável. É nessa hora que um bom guarda-roupa pode ser um grande aliado para você a continuar linda em todas as fases. Para te ajudar nessa tarefa separamos algumas dicas!
01 – Separar as peças que não cabem mais

Separe uma parte do seu guarda-roupa apenas com peças que ainda vestem bem durante a fase atual da gestação, não se preocupe se ficar com aquele aspecto vazio, a ideia é saber quais são as peças que de fato tem disponíveis. Apertou, incomodou, separe em outro ambiente, pode ser no maleiro ou em outra parte do armário/closet, faça isso a medida que a barriga for crescendo. Esta atitude irá melhorar a visualização das peças, ajuda você a entender melhor o que precisa e além disso facilita na hora de se arrumar.

02 – Analise a sua rotina

Após separar as peças você vai ter uma boa ideia das que de fato pode contar, quanto mais realista tiver sido a sua organização, melhor, afinal não adianta se apegar a aquela calça queridinha que está lhe apertando desde a semana passada. Terá bastante tempo para usá-la no futuro.

Agora o ideal é analisar a sua rotina e ver o que está faltando. Isso evita que você na hora de sair lembre-se que não tem uma roupa bacana para usar. Leve em consideração o que gosta de vestir e a sua rotina do dia a dia. Gosta muito de sair à noite, que roupas pode usar nesta situação? Qual o dress code do seu trabalho? As peças que têm atendem? E no fim de semana, o que costuma usar? A partir daí vai ver o que precisa e as peças mais urgentes.

Fotos: Reprodução

03 – Calça Jeans

A calça jeans por ser a queridinha de muitas mulheres (e a primeira que costumamos perder durante a gestação) merece um destaque. Invista em um modelo específico para gestante, que vai lhe deixar mais confortável e acompanhar o crescimento da barriga. Escolha um modelo que combine com o seu estilo, a moda gestante hoje já disponibiliza uma grande variedade de peças. O tamanho pode variar entre marcas, assim como na moda feminina convencional, o ideal é experimentar e ver quais ficaram melhores em você, as consultoras poderão te ajudar nesta questão. Em relação a quantidade vai depender muito do seu estilo e da sua rotina. Se você usa muito, vale a pena investir em mais peças.

04 – Peças chaves

As peças chaves vão variar de acordo com o seu estilo mas normalmente algumas acabam sendo mais procuradas, vejam quais são:

Legging – a legging é uma peça coringa no armário da gestante por ser muito confortável. As de modelagem específica são ainda mais confortáveis por terem maior espaço para a barriga e costumam ser usadas do início da gestação até depois do bebê nascer

Jeans – Não poderia faltar! Se você amava os seus jeans antes da gestação e está na dúvida se vai usar muito na gestação escolha um para começar e a medida que for usando você pode investir em outras opções.

Macacão – Eles têm a cara de grávida e são super confortáveis além da praticidade de ser uma peça única. O macacão com certeza é um queridinho por aqui e um modelo coringa pode ser uma ótima peça chave

Vestidos – O que encanta no vestido, além da praticidade, é a versatilidade. Se quiser ter peças chaves o ideal é pensar em peças que, variando os acessórios, possam lhe acompanhar do trabalho ao programa de fim de semana.

05 – Tamanho ideal

Uma dúvida muito comum é em relação ao tamanho ideal das peças. Algumas peças irão lhe acompanhar do início ao final mas muito cuidado com aquelas peças que ficaram folgadas para “dar até o final” da gestação. Já vimos grávidas comprarem uma peça folgada com o objetivo de durar mais e depois nos relatarem que só usaram no finalzinho da gestação, ficando guardada durante meses no armário. A nossa dica é escolher sempre as peças que ficaram boas agora e que tenham espaço para a barriga crescer. Não se preocupe que as peças que por acaso lhe apertarem durante a gestação são as que serão mais aproveitadas no pós-parto enquanto o corpo ainda não estiver voltado ao normal.

06 – Peças que facilitam a amamentação

Uma dica bacana para quem quer aproveitar bastante as peças da gestação após o parto é pensar nos modelos que facilitam a amamentação. Existem modelos como estes abaixo que tem modelagem que permitem maior conforto durante a amamentação. Estas peças podem ser usadas durante a gestação e também depois que o bebê nascer. O que pode acontecer é que depois que não estiver mais com a barriga vai perceber que a parte da frente ficou mais comprida, neste caso basta fazer a barra e pronto!

07 – Invista em peças de boa qualidade

Você não precisa ter um armário enorme de gestante para estar bem vestida mas é importante investir em peças de qualidade e com bom caimento. Isto fará toda a diferença! Não adianta ter uma variedade de peças se estão ficando apertadas ou com aquela pontinha da barriga aparecendo. Lembre-se que você costuma usar muito mais as peças de gestante, é um tempo mais curto mas o uso é intenso já que o armário fica reduzido em relação a quantidade de peças que costuma ter. Peças boas garantem melhor durabilidade. Caso não queira investir em muitas peças opte por peças chaves que combinem entre si.

08 – Acessórios

Os acessórios são ótimos aliados para dar aquele up no look ou mudar um pouco o visual. Um mesmo vestido se usado com um cinto diferente pode mudar a proposta e assim como colares e brincos. Você pode usar o que já tem em casa para ir variando. Aposte em maxi colares para valorizar o colo, alternando com brincos mais elaborados que podem alongar o pescoço. Um bom vestido com aquela bolsa, uma maquiagem top e um penteado podem fazer toda a diferença para um visual mais arrumado.

Esperamos que tenham gostado das dicas!

Deixe um Comentário